Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Se eu pudesse definir o filme em uma palavra seria: “Emocionante”. Assisti ao filme em 3D, na versão legendado e posso dizer que é imperdível, afinal é o final de uma saga que durou 10 anos. Ler os livros, assistir os filmes e ver o desenvolvimento dos atores e ter que se despedir é quase como um choque quando chega ao Fim. O filme é incrível e posso dizer que só tenho uma crítica negativa, que só direi depois.

Para quem não se lembra do que aconteceu no filme na Parte 1 do filme, é bom assistir antes de ir para o cinema porque é uma continuação. O filme começa com a morte do elfo Dolby e com a caça dos bruxinhos as últimas Horcruxes, que para quem não se lembra, são partes da alma de Voldemort que ficaram em alguns objetos. A ideia é que eles encontrem esses objetos e os destruam para assim conseguir matar Voldemort.

O filme está cercado de bons e grandes efeitos visuais, acontece uma grande guerra e as cenas são simplesmente incríveis. Sabe como é ir para um cinema lotado e não ouvir um ‘piu’, ou seja, um silêncio absurdo. Ninguém consegue se desligar do filme, é suspense do começo ao fim. Os efeitos em 3D, não foram tantos, aliás, eu costumo achar que normalmente tem mais efeitos em 3D nos trailers antes de começar o filme, do que nele realmente.

Outra coisa que chamou muita atenção é a atuação dos atores. Os personagens que mais se destacaram em minha opinião foram o Severo Snape (Alan Rickman) e a Professora Minerva McGonagall (Maggie Smith). Vemos um lado diferente dos dois. Aliás, eles meio que trocam as personalidades. A professora que se mostra tão boazinha e calma, lidera a guerra dos bruxos contra Voldemort e mostra seu lado guerreira. Já o Snape que tem toda aquela raiva, mostra um lado mais sensível, com uma atuação incrível.

Sobre o tão esperado e demorado beijo do personagem Rony e Hermione, foi meio que um choque. Foi tão rápido e inesperado que quando acabou eu queria voltar a cena para ver de novo. Do nada eles se beijam, na cena em que eles vão pegar um dente de um Obelisco. Então quem for assistir fica alerta. Os atores, que cresceram juntos comentaram que foi estranho e ficaram sem jeito ao fazer a cena, mas até que ela foi bem fofa.

Rupert Grint, que faz o Rony foi como sempre, o responsável por umas boas risadas no filme. Só para aliviar a tensão. Apesar de um tom mais sério, o filme tem alguns toques de comédia.  A morte de personagens queridos também é emocionante, e sim, eu cheguei, meio que a chorar em algumas cenas. Mas tudo muito rápido ok.

Como eu comentei, a minha única crítica negativa é sobre o final do filme. Eu simplesmente não gostei deles mostrarem como ficaram os personagens alguns anos depois. Mostraram eles levando os filhos para a Estação rumo a Hogwarts e não sei, eu simplesmente não gostei. Não gosto da ideia de que eles estão velhos e que não tem mais aventuras. Em fim, é estranho ver eles com um bando de filhos. Que acabaram as aventuras, pelo menos para eles. Mas em fim é uma opinião pessoal.

O filme com certeza é um dos melhores da saga, responde a várias perguntas, tem grandes surpresas e revelações. Bons efeitos especiais, muitas mortes e uma grande cena de guerra. Imperdível para qualquer um que queira ver um bom filme e principalmente e despedir dessa saga incrível. Para mim, o filme é nota 10.

 

Atores choraram muito durante despedida em premiere