Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

O que você estava fazendo no dia 11 de setembro de 2001? Você ainda se lembra?. Afinal esse foi um dia que marcou a história como um dos maiores ataques terroristas do mundo. Para quem não se lembra, além do ataque as torres gêmeas que mataram mais de 3 mil pessoas, um avião caiu no Pentágono, que é conhecido por ser responsável pela segurança nacional dos Estados Unidos, e outro avião tinha como alvo a Casa Branca, mas os passageiros conseguiram domar os terroristas, mas não evitaram a tragédia. O avião caiu na região da Pensilvânia, matando todos os heróicos passageiros, que conseguiram evitar que o avião caísse na residência oficial do presidente.

Eu me lembro vagamente do que eu estava fazendo na época, eu tinha apenas 13 anos de idade, me lembro de ter chegado em casa para assistir a ‘Fada Bela’, isso mesmo, aquele programa com a Angélica, liguei a televisão e estava passando um plantão da rede Globo mostrando o ataque. Essa é a minha primeira recordação.

 

Depois dos ataques, os Estados Unidos munidos de alta tecnologia iniciaram uma guerra sem fim. Que deve trazer graves consequências. Isso porque estima-se que com a guerra mais de 900 mil inocentes morreram, isso somente no Iraque e Afeganistão. Imagine só, as graves conseqüências disso. O saldo positivo? Mataram o Osama Bin Laden. Só que isso, aconteceu quase 10 anos após os ataques. Também prenderam o ditador Sadam Russeim, porque ele supostamente havia armas nucleares. Armas que nunca foram encontradas e que na verdade nunca existiram.

As conseqüências de tudo isso, além das mortes de vários inocentes? Raiva, ódio e muita sede de vingança. Quem vive no Iraque ou no Afeganistão, o nome Estados Unidos não é bem vindo. Tudo porque todos, de alguma forma, conhecem alguém que morreu vítima de ataques promovidos pelos norte americanos.

O resultado é que os EUA entraram em uma guerra para se vingar, mas quem sofreu foram os inocentes, e o pior é que acabaram promovendo uma cultura de vingança, que em vez de acabar com o terrorismo, pode ter piorado e triplicado o número de pessoas dispostas a usar a sua vida para a vingança.

No ditado ‘olho por olho e dente por dente’, os dois lados saem perdendo. Hoje 11 de setembro de 2011, os Estados Unidos mais uma vez ficam em estado de alerta. Na época dos atentados, relatórios informavam de um possível ataque terrorista, mas ninguém acreditou. Agora os ataques podem acontecer novamente.

Em memória das vítimas dos dois lados da história, não podemos esquecer essa data, pois o 11 de setembro não é somente o dia de um dos maiores ataques terroristas da história, mas sim o dia em que muitos choraram, perderam a fé e que uma nação decidiu começar uma guerra que não tem fim, e provavelmente nunca terá.

E você, o que estava fazendo no  11 de setembro de 2001?

Matéria do jornal nacional no dia dos ataques:

Vários vídeos do ataque e matérias exibidas no Brasil: