Etiquetas

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Se tem uma coisa que me deixa indignada é a forma como o nosso futebol brasileiro vem sendo tratado. Ontem (10) assisti a super -matéria da Record que tem batido constantemente no caso do presidente da CBF Ricardo Teixeira que vem sendo investigado após denúncias de corrupção.

A matéria aproveita para bater na Globo e a cada dia mais gosto jornalista Paulo Henrique Amorim, que tem coragem de cutucar uma emissora como a Globo e o melhor, fazer perguntas que todo mundo quer fazer, mas não faz.

Durante uma entrevista para a revista ‘Piauí’, Ricardo Teixeira mostra um sentimento de desprezo por nós torcedores, e já ameaçou, disse que se tiver que tirar credencial e não permitir o acesso de certas emissoras que estão ‘batendo nele’, ele vai fazer isso. Porque ele pode.

Sem comentários né. A imprensa jamais pode deixar de publicar uma investigação que está sendo feita contra ele e muito menos deixar de informar a população por causa de ameaças como essa.

Vou postar os dois vídeos da super matéria da Record. Espere carregar e assista toda a matéria. Você não irá se arrepender. Mas um dos pontos que eu gostei foi sobre a decisão de Ricardo Teixeira de colocar a seleção sub 17 para jogar no Panamericano, enquanto as outras seleções terão o time principal, só porque vai ser a Record que vai exibir os jogos. Gostei mais ainda de o Paulo Henrique Amorim ter perguntado “Será que a Globo exibiria um jogo sem Neymar ou a seleção principal?. Eu duvido muito.

Aqui deixo os meus Parabéns para a Record e uma grande vaia para a Globo. Deixar de informar a população com acusações tão graves, nunca.

Deixa seu comentário sobre o caso.