Etiquetas

Há um pouco mais de duas semanas, li uma matéria super interessante sobre o impacto do planeta Urano no signo de Áries que é responsável por comandar o ‘astral’ do nosso planeta a partir de março deste ano e por mais alguns anos. Na matéria do site Msn, tem o seguinte estrofe “Urano, por exemplo, fica aproximadamente sete anos em um signo, completando sua caminhada pelo zodíaco em oitenta e quatro anos. A última vez que Urano esteve em Áries foi de 1927 a 1935, período em que se deu a germinação da ideologia nazista que levantou a Segunda Grande Guerra. ”

Sei que muita gente não liga muito para se tipo de coisa, mas convenhamos que bateu com a atual polêmica na Líbia. Os países membros da OTAN já concordaram em fazer investidas contra os guerrilheiros de Muammar Kadfhi, a fim de tirar do poder o líder que governa o país durante décadas.

A questão é, até onde esses países devem se intrometer? É certo começar uma guerra e envolver inocentes para trazer mais democracia ao país? Teria eles algum interesse com essa investia? Você concorda essa ação?

Eu particularmente concordo. Afinal, toda essa confusão nos países árabes começou porque a população entendeu que tem sim uma voz, que tem direito a um país mais democrático, com acesso a internet, sem censura, sem restrição. Entenderam que seus países não estão se desenvolvendo, que a saúde, alimentação e educação são precárias. Diferente do Egito, por exemplo, que a negociação entre a população e as autoridades, os protestos e alguns atos de violência duraram alguns dias, na Líbia a situação foi completamente diferente. No Egito o líder Mubarak tentou, mas não conseguiu ficar no poder.

Ele sim teve ao menos a dignidade e mostrou que tem o mínimo de preocupação com o seu povo, ao renunciar. Evitando assim mais protestos e até mesmo uma guerra. Diferente de Kadfhi que prefere ver sangue, luta e muitas mortes, do que sair do poder. Ele já deixou claro que não vai desistir e vai lutar até o final. Triste ver que ele só se importa com o dinheiro, com a fama, com o legado em vez de proteger o seu povo. Já estava preparando o filho para assumir o seu lugar. Será que ele consegue sair dessa? Eu acho que não. Dois países vão lutar a frente para derrubar Muammar Kadfhi do poder. Duas grandes potências militares, EUA, França e o apoio de mais de 28 países.

Haverá muitas mortes? Kadf vai desistir? Isso só o futuro dirá.